• Clínica Vive La Vie

Por que é tão importante se alimentar no pré-treino?

Você já ouviu dizer que o nosso corpo funciona como uma verdadeira máquina, repleta de engrenagens e mecanismos?



Isso é tão verdade que, assim como todo equipamento, nós também precisamos dos combustíveis certos para conseguirmos atingir nosso desempenho ideal, seja para perda de peso, ganho de massa muscular ou, até mesmo, manter a saúde em dia. Então, se as necessidades do nosso organismo variam de acordo com a atividade e intensidade a que ele é submetido, quando não estamos bem nutridos antes de iniciar um treino ou atividade física, 🏋‍🏋‍ficamos vulneráveis a problemas - desde os leves aos graves - e podemos sofrer consequências como: ❌Mal estar; ❌Hipoglicemia; ❌Náusea; ❌Tonturas(vertigem); ❌Perda de massa magra(catabolismo muscular). Além de treinar com  maior suscetibilidade de sofrer esses sintomas, você perderá rendimento no treino e no desenvolvimento de massa muscular (hipertrofia). Ei, não se engane! Você pode ter acabado de ler isso e talvez esteja pensando: “Ah, mas agora eu nem preciso ganhar músculos mesmo… antes preciso perder gorduras, então vou treinar sem comer para ter efeito mais rápido.” 👉Um dos principais mecanismos de queima de gordura está na taxa metabólica basal. Resumindo, é o quanto seu corpo gasta de energia em repouso durante as 24 horas diárias. A relação: “taxa metabólica basal x massa muscular” é diretamente proporcional, ou seja, quanto mais massa muscular você possui, mais energia você gasta em repouso e, consequentemente, a perda de gordura se torna mais fácil. O segredo para otimizar os resultados dos seus treinos e obter os resultados esperados, com certeza, está na informação. Quando você entende de qual forma cada alimento “abastece” seu organismo, o ato de comer deixa de ser uma ameaça e se torna um grande aliado em busca do corpo saudável.

16 visualizações